Rapper Takeoff, do trio Migos, morre em um tiroteio em Houston

 


O rapper Takeoff, que fazia parte do trio Migos, morreu em um tiroteio na madrugada desta terça, em Houston, Texas. Segundo o "TMZ", a polícia afirma que o incidente ocorreu por volta das 2h30, em um pista de boliche. O músico tinha 28 anos.

Takeoff estaria com Quavo, outro membro do Migos, jogando dados quando houve uma briga e começou um tiroteio no local. Além dele, outras duas pessoas teriam sido atingidas e levadas para o hospital. Quavo não ficou ferido. 

 

 

O Migos seria uma das atrações do Rock in Rio neste ano, mas acabou cancelando sua participação pouco depois de anunciarem a separação do grupo. Fundado em Lawrenceville, na Geórgia, em 2008, Migos era formado pelos rappers Offset, Quavo e Takeoff. Juntos, eles lançaram quatro álbuns de estúdio: "Yung Rich Nation" (2015), "Culture" (2017), "Culture II" (2018), e o mais recente, "Culture III", lançado no ano passado. Eles emplacaram várias músicas nas paradas americanas, como "Fight night", "Look at my dab" e "Bad and boujee".

Os boatos de que o fim do trio estaria próximo começaram a surgir quando Quavo e Takeoff lançaram singles em dupla, como "Hotel Lobby", que alcançou a 59ª posição na Billboard Hot 100. Em entrevista ao podcast Rap Radar, no dia 15 de agosto, veio a confirmação de que Offset não fazia mais parte do Migos. “A química está lá desde o primeiro dia, então nós simplesmente… nos recuperamos”, disse Takeoff ao comentar que agora formava apenas um duo com Quavo. Aliás, há um laço familiar entre eles: Offset é primo de Quavo, que por sua vez é tio de Takeoff.

Não se sabe ao certo os reais motivos que causaram a separação, mas indícios dão conta que o clima não estava bom entre Offset e os ex-companheiros do Migos. O rapper e sua esposa, a cantora Cardi B, deixaram de seguir Quavo e Takeoff nas redes sociais, o que, para muitos fãs, confirmou o mal estar. Ainda não está claro, porém, se o duo vai manter o nome "Migos" ou se serão rebatizados nesta nova etapa.

Segundo o site TMZ, há ainda uma batalha judicial nos bastidores. Offset estaria processando a Quality Control Records, gravadora do grupo, que estaria reivindicando direitos sobre as canções que ele lançou individualmente. Ainda segundo o TMZ, o marido de Cardi B já teria assinado com a Motown Records para tocar de vez sua carreira solo.